produtos plásticos

Uma das principais inovações do século passado foi a criação de plásticos para muitas aplicações do dia-a-dia que antes dependiam de materiais tradicionais como metal, vidro ou algodão. Os plásticos revolucionaram muitas indústrias. Isto foi possível graças as características importantes dos materiais plásticos como: serem resistente à degradação ambiental ao longo do tempo, serem econômicos e serem produzidos com uma ampla variedade que permite a adaptação a muitas aplicações diferentes. Esses fatores colocaram o plástico como parte fundamental da vida moderna. 

Pensando no meio ambiente, é importante conhecer os diferentes tipos de plásticos e seus usos, bem como os códigos de identificação de resina encontrados em cada um. Isso ajudará você a tomar decisões informadas quando se trata de reciclagem.

Os plásticos podem ser divididos em duas categorias principais:

1. Plástico termoendurecível: uma vez resfriados e endurecidos, esses plásticos mantêm suas formas e não podem retornar à sua forma original. Eles são duros e duráveis. Podem ser usados ​​para autopeças, peças de aeronaves e pneus.

2. Termoplásticos: Menos rígidos, os termoplásticos podem amolecer após o aquecimento e retornar à sua forma original. Eles são facilmente moldados e extrudados em filmes, fibras e embalagens. Exemplos incluem polietileno (PE), polipropileno (PP) e cloreto de polivinila (PVC). 

Vejamos alguns plásticos comuns.

1.    Polietileno tereftalato (PET):

produtos plásticos coloridos

O PET é o plástico mais amplamente produzido no mundo. É usado predominantemente como fibra e para engarrafamento ou embalagem. Por exemplo, o PET é o plástico usado para a água engarrafada e é altamente reciclável.

Principais benefícios do polietileno em relação a outros plásticos e materiais seriam:

  • Aplicações amplas como fibra 
  • Barreira contra umidade extremamente eficaz
  • À prova de quebra

2.  Polietileno (PE)

Existem várias variantes diferentes de polietileno. O polietileno de baixa e de alta densidade (LDPE e HDPE, respectivamente) são os dois mais comuns e as propriedades do material variam.

  1. PEBD: o polietileno de baixa densidade é o plástico usado para sacolas plásticas em supermercados. Possui alta maleabilidade, mas baixa resistência à tração.
  2. HDPE: o polietileno de alta densidade é o plástico rígido usado para embalagens plásticas mais robustas, como recipientes de detergente para a roupa, bem como para aplicações de construção ou lixeiras.
  3. UHMW: o polietileno de ultra alto peso molecular, é um plástico extremamente forte que pode rivalizar ou mesmo exceder a resistência do aço e é usado para aplicações como dispositivos médicos (por exemplo, quadris artificiais).

4.    O policloreto de vinila (PVC)

planejamento de fábrica

O policloreto de vinila, também conhecido como cloreto de vinila ou policloreto de vinil, é talvez mais conhecido por seu uso em aplicações de construção de propriedades residenciais e comerciais. Diferentes tipos de PVC são usados ​​para encanamento, isolamento de fios elétricos e revestimento de vinil. 

Os principais benefícios do PVC em relação a outros plásticos:

  • Rígido (embora diferentes variantes de PVC sejam realmente projetadas para serem muito flexíveis)
  • Forte

5.  Polipropileno (PP):

copos plásticos amassados

O polipropileno é usado em diversas aplicações: embalagens para alimentos, equipamentos de laboratório, dispositivos médicos e peças plásticas para a indústria automotiva. É semitransparente, possui uma superfície de baixo atrito, não reage bem com líquidos, é facilmente reparado contra danos e possui boa resistência elétrica (ou seja, é um bom isolador elétrico). Talvez o mais importante seja que o polipropileno, é adaptável a uma variedade de técnicas de fabricação, o que o torna um dos plásticos mais comumente produzidos e altamente demandados no mercado.

6.  Poliestireno (PS):  

poliestireno

O poliestireno é amplamente utilizado em embalagens com o nome comercial de isopor. Pode ser usado para fabricar Copos de café descartáveis, caixas para alimentos, talheres de plástico e espuma de embalagem. Também está disponível como um sólido naturalmente transparente, comumente usado para fabricar produtos de consumo, como tampas de refrigerantes ou dispositivos médicos (como tubos de ensaio ou placas de Petri).

7.  Ácido polilático (PLA):

ácido poliático

O ácido polilático é derivado da biomassa e não do petróleo. Deste modo, biodegrada muito mais rapidamente que os materiais plásticos tradicionais. O PLA muito utilizado na área médica devido à sua capacidade de degradar em ácido lático. Implantes médicos, como parafusos, hastes, pinos e malha são feitos de PLA. Dentro do corpo do paciente, esses implantes quebram completamente em 6 meses a 2 anos, eliminando a necessidade de novas cirurgias. O PLA também é um dos dois plásticos mais comumente usados ​​na impressão 3D

Os principais benefícios do Ácido Polilático:

  • Biodegradável
  • Impressão 3D 

8.  Policarbonato (PC):

estufa de policarbonato

O policarbonato é um material transparente conhecido por sua alta resistência ao impacto em relação a outros plásticos. É usado em estufas, em equipamentos para a polícia de choque, na estrutura para aparelhos de diálise, faróis de automóveis e dispositivos de segurança (óculos, capacetes etc.).

Os benefícios do policarbonato em relação a outros plásticos:

  • Transparente
  • Força elevada

9.  Acrílico (PMMA):

O acrílico ou o polimetilmetacrilato (PMMA) é mais conhecido por seu uso em dispositivos ópticos. É extremamente transparente, resistente a arranhões e muito menos suscetível a danificar a pele ou o tecido ocular humano, se falhar (por exemplo, quebrar) próximo a tecidos sensíveis.

Duas palavras ou frases curtas para descrever os principais benefícios do Acrílico em relação a outros plásticos e materiais seriam:

  • Transparente
  • Resistente a riscos

10.  Acetal (POM) :

O Polióxido de Metileno (POM), também conhecido como acetal é um plástico de resistência à tração muito alta, com propriedades significativas de resistência à fluência que preenchem a lacuna de propriedades do material entre a maioria dos plásticos e metais. É conhecido por alta resistência ao calor, abrasão, água e compostos químicos. Além disso, o acetal possui um coeficiente de atrito particularmente baixo que, combinado com suas outras características, o torna muito útil para aplicações que utilizam engrenagens.

10.  Nylon (PA):

O nylon (ou poliamida) é usado para uma variedade de aplicações, incluindo roupas, reforço em materiais de borracha como pneus de carros, para uso como corda ou fio e para várias peças moldadas por injeção para veículos e equipamentos mecânicos. É frequentemente usado como um substituto para metais de baixa resistência em aplicações como motores de automóveis devido à sua alta resistência (em relação a outros plásticos), resiliência a alta temperatura e boa compatibilidade química.

Os principais benefícios do nylon:

  • Força elevada
  • Resistente à temperatura

11.  ABS (Acrilonitrila butadieno estireno):

brinquedo acrilonitrila butadieno estireno

O ABS é o plástico que usamos com mais frequência para prototipagem rápida no dia-a-dia. O ABS tem uma forte resistência a produtos químicos corrosivos e impactos físicos. É muito fácil de usinar, está prontamente disponível e tem uma temperatura de fusão baixa, o que torna particularmente simples o uso em processos de fabricação de moldagem por injeção ou impressão 3D.